quarta-feira, 9 de julho de 2014

Cafu diz que foi expulso do vestiário da seleção a pedido de Marin

Capitão do penta, o ex-lateral Cafu disse que foi expulso do vestiário da seleção brasileira, quando cumprimentava os atletas após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, nesta terça-feira, no Mineirão, por seguranças a pedido do presidente da CBF, José Maria Marin. 
"Eu entrei no vestiário, cumprimentei todos os meninos, e não sei o que estavam passando naquele momento, três pessoas chegaram até mim e pediram que eu me retirasse do vestiário porque não queriam pessoas estranhas. Eu perguntei: 'sou uma pessoa estranha?'. Eles disseram que estavam fazendo o trabalho deles. Eu respeitei o desejo do presidente e me retirei", declarou o jogador à rádio Globo. 
 
O ex-jogador explicou que estava  se dirigindo para conversar com o técnico Luiz Felipe Scolari, de quem foi comandado em 2002, mas que os seguranças insistiram que ele deixasse o local. 
 
"Respeito sempre as pessoas que tem uma autoridade maior que a minha pessoa. Os meninos da segurança ficaram 'tem que sair agora', falei que ia falar com o Felipão. Eles disseram pra eu sair agora. Respeito a decisão, mas não me sentia uma pessoa estranha naquele momento."fonte uol copa