quarta-feira, 23 de julho de 2014

Criança morre após ser atacada por jacaré de 3 metros no AM, diz família

Pai do menino lutou com o animal para tentar salvá-lo, disse o tio. Vítima foi retirada de lago com vida, mas morreu instantes depois.

Um menino de quatro anos morreu após ser atacado por um jacaré-açú na cidade de Manicoré, a 332 km de Manaus, no domingo (20). 
De acordo com familiares da vítima, a criança tomava banho no Lago Capanã Grande quando o animal de aproximadamente três metros se aproximou e puxou o menino para o fundo do lago. 
Kauãn Magalhães Floriano morava com os pais na comunidade rural São José do Cumã. O pai entrou na água e lutou com o animal para tentar salvá-lo.
O tio da vítima, Joziel de Oliveira Leite, relatou que a criança brincava no lago quando foi atacada. "Uma senhora falou para a mãe dele, minha cunhada, que tomasse cuidado com um jacaré que estava atrás dela, só que ela não ligou, pensava que ela estava brincando com a criança. 

Uma outra criança caiu dentro d'água junto com meu sobrinho, viu que o jacaré ia pegar ela, aí pegou a criança, tentou puxar para a beira, e não conseguiu. Quando o jacaré ia pegando, ela soltou", relatou Joziel.
Segundo o tio, o menino foi retirado da água com vida, mas morreu instantes depois. 

O pai de Kauãn tentou salvar o filho e conseguiu tirá-lo de dentro da água após lutar com o jacaré. "A primeira mordida foi no pé, a segunda mordida que ele deu já foi na coxa e levou a criança para o fundo. 
O meu irmão vinha descendo para a beira e o jacaré estava boiando com a criança na boca, aí meu irmão pulou em cima do jacaré e com uns dois ou três minutos de briga, o jacaré soltou o meu sobrinho. 
Quando chegou em terra, a criança só fez pedir para a mãe sentar que queria falar uma coisa para ela, mas a criança morreu", disse o tio à TV Amazonas.