quinta-feira, 10 de julho de 2014

Datena cumpre promessa e fica de cueca ao vivo após derrota do Brasil

O apresentador José Luiz Datena mostrou que é um homem de palavra e ficou apenas de cueca durante o programa Brasil Urgente, da Band, desta quinta-feira. O jornalista teve de passar pelo momento constrangedor devido à promessa feita antes da Copa.
A promessa foi cumprida apenas após quase uma hora do programa. Datena ficou de cueca por aproximadamente meia hora de programa. Ele usou uma roupa íntima com as cores alemãs durante alguns minutos. Enquanto o jornalista passava pelo momento constrangedor, ao fundo tocava a música Rhythm is a dancer, do Snap!.
“Essa cueca é uma homenagem para a Alemanha, que se Deus quiser, vai ganhar da Argentina”, disse Datena enquanto estava de paletó e cueca, reclamando do frio no estúdio.
E Datena demonstrou estar bem tranquilo com a situação. Depois de aparecer de cueca, o apresentador seguiu comandando a atração com a roupa íntima, inclusive em um diálogo com Fernando Fernandes, que falava direto da Granja Comary. O jornalista só voltou a colocar a calça quando a atração foi interrompida para a entrevista coletiva de Neymar em Teresópolis.
Ampliar


Veja fotos de José Luiz Datena48 fotos

1 / 48
10.jul.2014 - Datena cumpriu a promessa e apareceu vestindo cueca no "Brasil Urgente" desta quinta. O apresentador havia concordado em apresentar o programa de cueca caso o Brasil perdesse o jogo contra a Alemanha Reprodução
Apesar de cumprir a promessa, o jornalista demorou para falar sobre o assunto. O primeiro bloco, em que deu uma bronca em Felipão, Datena esteve com seu tradicional terno e não tocou no tema. Mas, na volta do intervalo do segundo bloco, ele falou sobre o tema e disse que iria realizar o que tinha prometido.
“Eu sou político, tenho cara de ser político, tenho cara de fazer promessa e não cumprir? Vou ficar de cueca. Evidente que vou ficar de cueca, eu prometi. Vai ficar ridículo, se fosse o Johnny Depp, Brad Pitt, todo mundo ia querer ver”, falou.
Datena ainda ressaltou que não era ele que deveria ficar de cueca e sim quem comanda a seleção brasileira.
“Quem devia ficar de cueca era o Felipão e o Parreira, eles que perderam o campeonato, e os caras da CBF”, afirmou.
Além de ficar de cueca, o apresentador aproveitou para detonar o técnico Luiz Felipe Scolari, pelo erro nos treinamentos e por criticar o apagão dos atletas.
“Isso é trairagem dizer que é apagão, jogadores apagados que perceberam que tinha mais alemão naquele campo do que na Alemanha”, falou o apresentador.
“Culpa é sua mesmo Felipão, ele mandou o Brasil para o inferno, torcedores foram para o inferno, tá de brincadeira comigo, foi erro seu, bom você assumir”, completou.
Ao longo do programa, sempre que podia, o apresentador volta ao assunto e criticava Felipão e sua postura. Segundo Datena, o treinador não era mais o “cara humilde” que ele conheceu. O jornalista também cornetou o excesso de folgas que os atletas da seleção tiveram.
Durante o Brasil Urgente, Datena, que participou como narrador no Mundial, Datena deixou seu lado torcedor aflorar e prometeu que ficaria de cueca em seu programa caso o Brasil não fosse campeão da Copa. Ele falou sobre o assunto durante o bate-papo com Téo José, depois da final da Liga dos Campeões.
“Vocês todos ficam em cima do muro. Eu não. Desde o início, eu fui contra essa Copa do Mundo. Mas eu acho que o Brasil será campeão. Vou torcer para o Brasil. Eu apresentarei o 'Brasil Urgente' de cueca verde e amarela se o Brasil não for campeão'', falou na época.
Datena ficou de fora da apresentação do Brasil Urgente do estúdio em São Paulo durante a Copa do Mundo, pois estava narrando partidas. Ele chegou a mostrar seu lado apresentador policial nas suas transmissões repetindo alguns jargões como o “barbaridade” contra o Chile.