quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Chefe de máfia italiana é preso em Portugal após embarcar em Fortaleza

O foragido é condenado a 14 anos e 4 meses de prisão por tráfico de drogas e organização criminosa

Ação contou com o auxílio da Polícia Federal do Ceará. (FOTO: Divulgação)
Ação contou com o auxílio da Polícia Federal do Ceará. (FOTO: Divulgação)
A Polícia Federal do Ceará (PF/CE) auxiliou a polícia italiana na prisão de um foragido, nesta quarta-feira (27), procurado pela Interpol por envolvimento com a máfia. O foragido é um dos chefes da máfia italiana, conhecida como “máfia calabresa”, na região de Piemonte, condenado a 14 anos e 4 meses de prisão por tráfico de drogas e organização criminosa.
A Polícia Federal entrou no caso na terça-feira (26), quando sua representação em Roma/Itália, foi acionada pela Interpol para apoiar na identificação e localização de um homem foragido da Justiça Italiana e que estaria no Brasil, na capital cearense.
Após contato com a PF no Ceará, foram empreendidas diligências em hotéis, na orla marítima cearense, com o objetivo de identificá-lo. A investigação constatou que o foragido utilizava nomes falsos e que tinha acabado de embarcar, às 20h de terça-feira, em um voo de Fortaleza para Lisboa, em Portugal. As informações levantadas pela PF foram repassadas para a Policia Italiana que prendeu o foragido na manhã desta quarta-feira (27). O nome do italiano não foi divulgado.