sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Equipe da polícia civil prende acusado de matar Chico Cachoeira na zona rural de Caraúbas


Equipe da polícia civil de Caraúbas prende acusado de matar sogro e tentar matar a ex-companheira em menos de 48h, após o cometimento do crime.
CARAÚBAS (RN) – Após tomar conhecimento do crime de homicídio ocorrido no dia 12 de agosto de 2014, às 15h30min a vítima Francisco Pereira Jácome, conhecido como Chico Cachoeira e tentativa de homicídio a filha da vítima Vanesca Mayra Pereira, a Equipe de Polícia Civil de Caraúbas iniciou uma trabalho de investigação, indo ao local do fato, colhendo as primeiras informações e, em seguida passou a efetuar inúmeras diligências, a fim de prender em flagrante delito o autor deste crime que chocou toda a população da cidade de Caraúbas.
O Delegado de Polícia Titular da Delegacia Municipal de Caraúbas, Dr. Erick Gomes representou pela Prisão Preventiva do acusado, tendo a MM Juíza Dra. Daniela Rosado do Amaral, Duarte determinado a prisão preventiva do suspeito, após o Promotor de Justiça, Dr. Rafael Silva Paes Pires Galvão ter dado parecer favorável à prisão. 
A prisão de Francisco Cassiano Ferreira, acusado de ter cometido este bárbaro homicídio se deu através de uma investigação feita durante esta semana pelo Delegado de Polícia Civil de Caraúbas, Dr. Erick Gomes e sua equipe, deixando o acusando sem ter o que fazer e no dia de hoje a família temendo acontecer o pior com o acusado, que estava sem saída, achou melhor entregar Francisco Cassiano. Nesta quinta-feira a família ligou para o delegado Dr. Erick Gomes e combinou como seria a entrega do acusado.
Na tarde de hoje, Francisco Cassiano Ferreira se apresentou a justiça com uma advogado. Ele que já estava com mandato de prisão aberta, recebeu ordem de prisão e depois de realizar os procedimentos cabíveis foi encaminhado para o Presídio Provisório de Caraúbas. Com menos de um mês na cidade, o novo delegado já está mostrando serviço, com inteligência e competência, colocando acusados de crimes por traz das grades. E Francisco Cassiano, a acusado deste crime não ficou impune, encontra-se à disposição da justiça.
Icém Caraúbas