sexta-feira, 26 de setembro de 2014

pesquisa Consult/TN mostra eleição para Governo no 1º turno rn

Nova pesquisa sobre as intenções de votos entre o eleitorado potiguar, realizada pela Consult para a TRIBUNA DO NORTE, mostra um quadro definido, já no primeiro turno, na disputa ao governo do Estado e um “empate técnico” quanto a eleição para a vaga no Senado Federal. Para o Executivo estadual, o deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), pontua na Consult/TN com 39,94%, quase dez pontos percentuais a frente do segundo colocado, o vice-governador Robinson Faria (PSD), que tem 30%. Os três outros candidatos ao governo somam 2,99% (veja infográfico); brancos e nulos 14,41% e os indecisos 12,65%. Computados somente os votos válidos, Henrique Eduardo tem 6,95% pontos percentuais de vantagem sobre todos os outros candidatos.
Esses resultados são das questões estimuladas, quando o entrevistado escolhe entre os nomes apresentados a ele. Mas, eles se assemelham aos registrados para as respostas espontâneas. Convidados a citar em quem votariam para o governo do Estado, 22, 53% dos entrevistados pela Consult responderam que em Henrique Eduardo e 13,82% em Robinson Faria. Os demais candidatos foram citados por 1,05%. A soma é 14,88%, uma diferença pró candidato do PMDB de 7,65%.
O presidente da Consult, Paulo de Tarso Teixeira, considera “natural” o crescimento da candidatura de Robinson, mas também analisa como “estável” a situação da candidatura Henrique Eduardo, faltando pouco mais que uma semana para as eleições (leia entrevista com ele, abaixo). O quadro na disputa pela vaga potiguar no Senado, entretanto, é de “empate técnico” entre as duas principais concorrentes, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB), e a deputada federal Fátima Bezerra (PT). A petista, com 39% das intenções de votos (pergunta estimulada) tem uma vantagem de 2, 76 pontos percentuais. Wilma de Faria tem 36,24% e os três outros candidatos somaram dois por cento. Brancos e nulos são 12,47% e indecisos 10,29%. A diferença pró Fátima, nas respostas espontâneas, é praticamente a mesma: 2,94 pontos percentuais.