segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Político mexicano chama Ronaldinho de macaco e deve ser processado

Ex-secretário do Desenvolvimento Social de Querétaro Treviño Núñez se irrita com trânsito causado pela chegada do jogador e escreve mensagem racista no Facebook

Político mexicano chama Ronaldinho de macaco (Foto: Reprodução / Facebook)Político mexicano chama Ronaldinho de macaco no Facebook (Foto: Reprodução / Facebook)
Um político mexicano entrou no meio de uma polêmica ao chamar Ronaldinho de macaco. Irritado com o trânsito causado pela apresentação do craque brasileiro sexta-feira diante da torcida do Querétaro, Treviño Núñez, ex-secretário do Desenvolvimento Social da cidade, escreveu a mensagem pouco amistosa, de cunho racista, no Facebook e, segundo o jornal mexicano "Record", depois apagou a postagem.
- Realmente, eu tento ser tolerante, mas eu detesto futebol, e o fenômeno de idiotice que produz. Eu detesto ainda mais porque as pessoas inundam as avenidas fazendo-nos chegar duas horas mais tarde em casa. E tudo isso para ver um macaco... Brasileiro, mas ainda assim um macaco. Isso é um circo ridículo – escreveu.
A mensagem prontamente gerou polêmica, e o secretário de Governo de Estado, Jorge López Portillo, disse que o político poderá ser processado judicialmente por ato racista.
- A discriminação racial não é o espírito e de modo nenhum representa o jeito de pensar das pessoas de Querétaro. Todos nós somos muito respeitosos. Naturalmente, é denunciável e estamos cientes de tudo – explicou Jorge López Portillo, em declarações publicadas pela agência local “Quadratín Querétaro”.
Ronaldinho foi apresentado na sexta-feira no Querétaro, no evento que gerou os protestos de Treviño Núñez. Na ocasião, o brasileiro subiu a campo no intervalo e foi saudado pela torcida do novo time no estádio La Corregidora.
Apresentação de Ronaldinho gerou revolta de político (Foto: Agência EFE)