domingo, 26 de outubro de 2014

Na China, Aécio vence Dilma com ampla vantagem


Se a eleição presidencial do Brasil fosse depender apenas e exclusivamente do resultado dos votos dos brasileiros na China, o tucano Aécio Neves seria o vencedor do segundo turno com ampla vantagem. O candidato do PSBD somou 218 votos, enquanto que a petista Dilma Rouseff teve 63.

Ao todo, 604 brasileiros - a maioria é de chineses com cidadania brasileira e filhos de chineses nascidos no País - estavam inscritos para votar na China.

Devido a diferença de fuso horário, a votação na China começou horas antes da abertura das Eleições no Brasil e foi encerrada às 7h (horário de Brasília) deste domingo (26). O país oriental mais populoso do mundo é governado pelo Partido Comunista.

EXTERIOR -
Em 12 países, a votação para presidente da República já foi encerrada. No exterior, a votação começou às 17h (horário de Brasília) desse sábado (25/10) com os eleitores brasileiros que moram em Wellington, na Nova Zelândia. Em seguida, votaram os eleitores que vivem na Austrália, no Japão, Timor Leste, em Cingapura, nas Filipinas, em Hong Kong, na Indonésia, Malásia, China e em Taiwan.