sábado, 25 de outubro de 2014

SÃO RAFAEL/RN: HOMEM MENTE DURANTE DEPOIMENTO E ACABA PRESO POR FALSO TESTEMUNHO

A polícia civil de São Rafael começou a ouvir testemunhas do homicídio ocorrido no último sábado, dia 18/10, onde o adolescente R. 17 anos, está sendo acusado de ter assassinado com um disparo de arma de fogo, do tipo garruncha, o ex detento Magno Bento Soares vulgo ” Magno aleijado”. O crime foi flagrado por câmeras de segurança do bar e nas imagens foi possível ver o exato momento em que o adolescente entra no estabelecimento com a arma em mãos, se dirige até a vítima e efetua um único disparo em sua cabeça, logo em seguida desfere cerca de dez pancadas na cabeça da vítima com o que restou da arma utilizada, uma garrucha. Nas imagens também foi possível identificar várias testemunhas oculares do fato e as mesmas já começaram ser ouvidas pela Delegada da cidade a Dra. Paoulla Maues. Durante depoimento, uma das testemunhas faltou com a verdade e recebeu voz de prisão. FRANCISCO CANINDÉ MATIAS teria dito que não viu nada no local, nem o momento em que a vítima foi assassinada e tampouco quem teria praticado o crime, versão esta que caiu por terra ao serem analisadas as imagens do circuito de segurança, uma vez que dá pra ver claramente o momento em que Canindé Matias vê o menor atingindo a cabeça da vítima com pancadas, após ter o atingido com um tiro. Diante do falso testemunho prestado perante a autoridade policial, Canindé Matias recebeu voz de prisão em flagrante, e logo após ser flagranteado foi conduzido até uma cela da Delegacia de São Rafael, onde aguardará parecer judicial. A polícia civil já sabe quem deu fuga ao menor e em breve o mesmo irá ser intimado para prestar esclarecimentos e responder na forma da lei. O menor acusado do homicídio continua foragido. 
PM de São Rafael