sexta-feira, 10 de outubro de 2014

veja partes do debate bande natal

Em debate, Henrique Alves pede para eleitor comparar os candidatos e convoca indecisos

Na fase das considerações finais do debate da Band, o candidato Henrique Alves afirmou: “agradeço aqueles que fizeram nossa vitória, com maioria de 80 mil votos. E convoco aqueles que votaram em outros candidatos, aqueles que estão indecisos. Convoco você, é o voto por você, pela sua família, pelo seu Estado. Compare, você viu que o custo de Robinson Faria como vice-governador é de R$ 10 milhões”.

Em debate, Robinson Faria convoca “eleitorado de Robério

Na fase das considerações finais do debate da Band, o candidato Robinson Faria afirmou: “convoco quem votou em Robério, Simone, que tenhamos agora para termos uma união, vamos sepultar as famílias que levaram nosso estado a falência. Se alimente do mesmo sonho que eu me alimentei. Vamos unir as mãos. É uma grande mudança, o povo que está aí é o mesmo povo que levou o Estado a falência”.

Henrique Alves afirma que, se eleito, ensino médio será ampliado com cursos profissionalizantes

o ser questionado sobre os projetos de educação implantados pelo Governo Federal, Henrique Alves disse: “a questão do Plano Nacional de Educação o Governo Federal não queria implantar, mas travei uma briga de braço para implantar o PNE. O Pronatec é um grande avanço. Tudo que o Governo Federal está fazendo vamos apoiar e reforçar. Vamos querer fazer no Estado com escola em tempo integral. No ensino médio vamos ampliar os cursos profissionalizantes, com estrutura do Sesi, Senai”.

Robinson Faria diz que, caso eleito, direções de hospitais serão ocupadas por técnicos

Durante debate na Band, Robinson Faria disse que os hospitais no Estado serão, caso ele seja eleito, dirigidos por técnicos e prometeu implantar a carreira médica.
“A saúde há dinheiro suficiente. O que está faltando é um gestor. Precisa ter convênios, projeto. Estamos perdendo muito dinheiro por não termos projetos aprovados para pleitear essas parcerias em Brasília. Meu governo será técnico e vou premiar pessoas com qualificação técnica para formar equipe de governo, de excelência. Vou acabar com direção de hospital indicados por político”, afirmou Robinson Faria.

Em debate, Henrique Alves diz que fará “valorização do servidor público”


Henrique Alves disse que a gestão financeira passa por transparência. “A eficiência como marco, a transparência como conceito. Não pode ser improvisada. Precisa passar ao investidor a segurança. Precisa mostrar que aqui é bom se investir”, disse, ressaltando que será uma ação integrada entre os setores.
O candidato Henrique Alves afirmou ainda que terá preocupação com a valorização do servidor. “Temos que valorizar o servidor público. O Estado hoje é desorganizado financeiramente”, disse o candidato Henrique Alves.

Robinson Faria diz que “fará governo humanitário”

O candidato Robinson Faria disse que, no quesito da segurança pública, tratará do dependente químico, oferecendo oportunidades após o tratamento.
“Nosso governo será humanitário, vamos buscar a eficiência pública e cuidar das pessoas, do cidadão”, comentou.

Em debate, Robinson Faria diz que vai aumentar o orçamento da segurança em 10%

Ao ser questionado sobre segurança pública, Robinson Faria afirmou: “o governador quando se elege tem que conhecer o seu Estado. Eu vivo o cotidiano do meu Estado, eu escuto o clamor do povo. A segurança pública é angústia. Precisamos estabelecer as prioridades e vou estabeleber as minhas que são segurança e saúde. Vou aumentar o orçamento da segurança pública em 10%. Vou devolver a auto-estima ao policial civil”.

Henrique Alves afirma, em debate, que “o Estado precisa mudar com diálogo”

Durante debate na Band, o candidato Henrique Alves ressaltou que a proposta de mudança é para o diálogo e a “construção do Estado.
“O Estado precisa de capacidade de diálogo, temos que resolver, não pode choramingar. Temos que mudar o Estado com diálogo. O que eu não mudei é porque continuo sendo o candidato ficha limpa”, disse Henrique Alves.

Robinson Faria afirma, em debate, que Henrique “não tem nada de estadista”

O tom do debate na Band aumentou e Robinson Faria voltou a criticar o candidato Henrique Alves.
“O candidato Henrique subestima inteligência do eleitor, fez um acordão e achou que seria governador por aclamação. Mas é bom que fique claro que esse candidato Henrique, que o começo queria ser moderado, era apenas uma caricatura, ele não tem nada de estadista. Henrique Alves não mudou, não vai mudar e tão pouco é mudança”, disse Robinson Faria.

Henrique Alves diz que família de Robinson Faria “praticou o maior crime ambiental”


Durante debate na Band, o candidato Henrique Alves, durante debate, voltou a dizer que a família de Robinson Faria praticou o maior crime ambiental do Estado.
“É fato, desapareceu o manguezal. Foi o maior crime ambiental do Estado. É preciso analisar de forma racional, tirando as pessoas”, afirmou.

Robinson Faria diz que Henrique Alves tenta “manchar a memória do meu pai”

Durante debate na Band, ao responder questionamento sobre crime ambiental que supostamente teria ocorrido na salina da família dele: “o projeto da Amarra Negra que era do meu pai e hoje ele acusa, que é a falta de ética dele, é o velho Henrique radical, rancoroso. Meu pai era empresário sério, lutador, empreendedor, o projeto foi aprovado na Sudene. Meu pai foi vítima de um processo de chantagem, mas a Justiça chegou e o processo nós ganhamos e foi arquivado. A memória do meu pai foi inocentada”.

Robinson Faria diz que Henrique não aprovou, como presidente, as “grandes demandas do povo”

O candidato Robinson Faria disse que o candidato Henrique Alves, como presidente da Câmara, não aprovou as grandes demandas do povo brasileiro.
“Ele tem uma produtividade quase nenhuma. Não aprovou reforma política, reforma tributária, reforma da previdência. Não apoiou as grandes demandas do povo brasileiro. Ele tem uma produtividade muito baixa para um orçamento tão grande como é a da Câmara Federal”, disse.

m debate, Henrique diz que Robinson Faria é “vice-governador de R$ 10 milhões”

O candidato Henrique Alves, durante debate na Band, criticou a atuação de Robinson Faria como vice-governador e destacou ainda o gasto do gabinete da Vice-Governadoria. Segundo ele, Robinson Faria gasta com o gabinete R$ 10 milhões.
“Ele é vice-governador de R$ 10 milhões e não faz nada”, afirmou.

Robinson Faria responsabiliza Henrique pela derrota de Wilma

O candidato Robinson Faria responsabilizou a derrota de Wilma de Faria ao candidato Henrique Alves. Ele destacou ainda que “quem chegou mais perto do acordão foi contaminado e perdeu”.
Robinson Faria afirmou que a derrota de Wilma foi pela proximidade com “o acordão”.

Em debate, Henrique Alves afirma para Robinson: “deixe de choramingar os apoios que eu tenho”

O candidato Henrique Alves comentou sobre a postura do candidato Robinson Faria: “Não sei em que candidato Robinson acreditar o que queria me apoiar para governador ou queria que eu o apoiasse. Eu ganhei a eleição para ele (Robinson Faria). Robinson Faria não sabe fazer conta, vamos ganhar de novo”.

Em debate, Robinson Faria diz que Henrique Alves “tem medo do voto livre” e fez o “maior acordão”

Ao responder questionamento sobre “curral eleitoral”, o candidato Robinson Faria: “quem é de curral eleitoral é a família Alves. A cultura é coronelista, que o povo quer sepultar. O candidato não confia no voto livre e nem na bandeira verde. Chega em Pau dos Ferros e quer ter apoio da bandeira verde e vermelha, isso é insegurança, é medo do voto livre”, comentou, afirmando ainda que Henrique Alves “fez o maior acordão da história”

Robinson Faria afirma diz que é preciso a partir da energia eólica “fixar o homem no campo”

Durante debate na Band, ao responder o questionamento sobre energia, Robinson Faria disse: “a energia eólica é um presente de Deus para nosso Estado. Temos o melhor vento do mundo. Agora a energia eólica que hoje temos no nosso Estado não gera nem ICMS e nem tão pouco royalties. A energia é gerada e não há retorno econômico para nosso Estado. Não vou criar taxação, mas vou estudar para que tenhamos aproveitamento da energia eólica e ter um retorno para fomentar cadeias produtivas rurais, ou seja, fixar o emprego do homem do campo”.

Em debate da Band, Henrique Alves diz que é “candidato ficha limpa e de mãos limpas”

O candidato Henrique Alves foi questionado sobre corrupção e disse que tem a ficha limpa.
“Participei de 11 eleições e nunca teve questionamento da minha vida pública. Sou presente da Casa Legislativa que faz as lei e apura a corrupção. Sou ficha limpa, tenho as maos limpas”, comentou.fonte tribuna do norte