domingo, 11 de janeiro de 2015

Bomba: Jon Jones é pego com cocaína e vai se internar


Jon Jones mostrou concentração antes de lutar com Daniel Cormier no UFC 182
Campeão dos meio-pesados do UFC, Jon “Bones” Jones é recordista da categoria com oito defesas de cinturão e lutou neste sábado com Daniel Cormier pelo UFC 182.
Maior campeão da história da categoria, Jones foi flagrado no teste antidoping surpresa promovido pela Comissão Atlética de Nevada, realizado no dia 4 de dezembro, logo após sua vinda ao Brasil.
O lutador assumiu ser usuário da droga em entrevista ao Yahoo! Sports na noite desta terça-feira e desculpou-se com os fãs, familiares, patrocinadores e promotores do UFC, prometendo levar a sério o tratamento de reabilitação anti-drogas que iniciará.
“Com o apoio da minha família, eu estou entrando em uma instalação de tratamento de drogas. Eu quero pedir desculpas a minha noiva, meus filhos, bem como a minha mãe, pai e irmãos pelo erro que eu tive. Eu também quero pedir desculpas para o UFC, meus treinadores, meus patrocinadores e igualmente importante para os meus fãs. Estou levando este programa de tratamento muito sério. Por isso, neste momento, a minha família e eu apreciariamos a privacidade “.
O UFC, ao mesmo tempo que lamentou o teste positivo para a cocaína sintética no maior lutador da atualidade, apoiou e aplaudiu a decisão de Jon Jones em integrar um centro de reabilitação para drogas.
“Apoiamos a decisão do meio-pesado do UFC Jon Jones de entrar em um centro de tratamento de drogas para tratar seu problema mais recente. Enquanto nós estamos decepcionados com o teste falho, nós também o aplaudimos por tomar essa decisão de introduzir-se em uma instalação de tratamento de drogas. Jon é um forte e corajoso lutador dentro do octógono, e esperamos que ele lute contra este problema com a mesma postura e diligência. Louvamos em sua decisão, e estamos ansiosos para que surja a partir deste programa um homem melhor como resultado.”, publicou o UFC em nota oficial à imprensa.
No fim do ano passado o lutador veio ao Brasil para realizar seminários e surgiram os primeiros rumores online da utilização de drogas ilícitas pelo atleta do UFC. Com a notícia confirmando-se e o lutador entrando em tratamento, o cinturão meio-pesado do UFC deve ficar vago por um tempo e uma disputa pelo título interino deve ser colocada em prática.
Atualização:
De acordo com as normas da NSAC (Comissão Atlética de Nevada) o lutador não será suspenso por ter feito o teste “fora de disputa” e legalmente não é obrigatória a divulgação à midia dos resultados do mesmo. No exame antidoping após a luta, Jon Jones não foi flagrado com nenhuma substância ilegal.
fonte Redação MMA Space.
(Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)