quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

'Brincadeira de mau gosto', diz Jacaré sobre falsa notícia de morte


Informação circulou nas redes sociais através da internet.
Artista afirma que ficou preocupado com os pais, que têm doenças cardíacas.

Do G1 BA
Ator Edson Cardoso, conhecido como Jacaré, foi vítima de notícia de falsa morte nas redes sociais. (Foto: Reprodução /Facebook)Ator Edson Cardoso, conhecido como Jacaré, foi vítima de notícia de falsa morte nas redes sociais. (Foto: Reprodução /Facebook)
O ator e ex-dançarino do grupo É o Tchan, Edson Cardoso, também conhecido como Jacaré, falou ao G1 nesta quarta-feira (14) sobre uma brincadeira de que foi alvo na internet, quando uma foto do artista foi compartilhada em rede social para ilustrar uma reportagem que noticiava a morte de um jacaré em Santa Catarina.
O ex-dançarino do É O Tchan afirmou que achou a "brincadeira uma atitude de mau gosto", e que sua principal preocupação foi com os pais que sofrem de doenças cardíacas.
"Brincadeira" circulou pelas redes sociais. (Foto: Reprodução /Facebook)"Brincadeira" circulou pelas redes sociais.
(Foto: Reprodução /Facebook)
Na terça-feira (13), o G1 de Santa Catarina publicou uma notícia sobre um jacaré que foi encontrado morto em uma estrada. A notícia foi replicada nas redes sociais com o mesmo título, mas a foto que aparecia era do ator, que tem o apelido de Jacaré. Com isso, muitas pessoas clicavam no link imaginando que a notícia falava sobre o artista.
"Quando fazem uma brincadeira dessas, esquecem que a pessoa tem família. Assim que soube, liguei logo para meus pais para que eles ficassem tranquilos. Meus pais têm problemas de coração. Eles poderiam ver a notícia inicial e nem conseguir ler até o final e perceber que era uma brincadeira. Poderiam ter algo mais grave antes de terminar de ler", conta.
"Eu não dou ibope a isso, mas alguns amigos que não conseguiram falar comigo ficaram super preocupados. Todos aqueles que me conhecem estão criticando esse tipo de brincadeira", diz.
"Me chamam de Jacaré desde os meus quatro anos de idade. No Tchan, Compadre Washington e Beto Jamaica já me chamavam de Jack e eu gosto do meu apelido", explica Jacaré.