sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

HOMEM CONSIREDADO O MAIOR PISTOLEIRO DO RN E FORAGIDO DA JUSTIÇA HÁ QUINZE ANOS, MORRE NO HOSPITAL TARCÍSIO MAIA EM MOSSORÓ

Morreu na manhã desta Quinta feira 29 de janeiro de 2015, em um dos leitos do Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, FRANCISCO ALBERTO ARAÚJO FONSECA, CONHECIDO POR “BETO” OU “ROQUE.
De acordo com a Polícia Civil, Beto era tido como um dos mais destemidos pistoleiros aqui do estado e estava foragido há 15 anos.
O mesmo foi encontrado caído, as margens da RN que liga Assu a Ipanguassú, a cerca de quatro dias e apresentava ferimentos provocados por arma de fogo.
Francisco Alberto foi socorrido para o Hospital Tarcísio Maia e estava internado desde então, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de hoje.
No dia 16 de novembro de 2012, policiais da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE), juntamente com a equipe da Delegacia especializada em Atendimento ao Turista (DEATUR) realizaram uma mega operação com objetivo era capturar o pistoleiro Francisco Alberto Araújo Fonseca.
As equipes realizaram diligências no município de São Miguel do Gostoso, onde o foragido supostamente estaria escondido.
Durante a abordagem, os policiais se depararam com o foragido, que reagiu trocando tiros com a polícia, mas conseguiu furar o cerco policial
O corpo do Pistoleiro está no necrotério do HRTM e deverá ser removido para o ITEP e só será liberado para sepultamento após comparecimento de familiares.
Imagens Divulgação Degepol RN Via Fim da linha