domingo, 4 de janeiro de 2015

Vigilante dos Correios de Catolé do Rocha foi encontrado morto no Monte Tabor


Mistério, muito mistério! Assim a Polícia Militar de Catolé do Rocha trabalha inicialmente com um caso que envolve dúvidas e incertas sobre a morte de um vigilante que trabalhava a serviço da Agência dos Correios de Catolé do Rocha (PB).
A equipe da Patrulha Rural – 12º BPM, sob o comando do Sargento Mauro, recebeu uma ligação anônima, informando que existia um veículo abandonado nas imediações da Capelinha do Padre Belizário, no Monte Tabor, em Catolé do Rocha.
De imediato a viatura se dirigiu para o local, e chegando ao destino informado, constatou a veracidade do fato. Pois um veículo, Chevrolet, modelo Corsa, cor zul, placas MNT 3138 – Catolé do Rocha (PB), de propriedade da vítima, o vigilante Caio Venício Silvestre da Silva, 27 anos, que residia no bairro Santa Clara, de profissão vigilante, e que prestava serviço aos Correios de Catolé do Rocha, estava abandonado, com as portas destravadas e com a chave na ignição.
A polícia acionou o corpo de bombeiros, que também compareceu ao local e iniciou o trabalho de buscas, nas proximidades do veículo. Com a ajuda de populares que chegavam a todo instante no Monte Tabor, o corpo da vítima foi encontrada a aproximadamente 200 metros de onde estava o corsa. No local do sinistro também foram encontradas manchas semelhantes a sangue humano, e também um documento de identidade de um homem (que a polícia trabalha na linha investigatória como principal suspeita de um possível crime).
O corpo da vítima estava vestido com camiseta, e a calça pela metade, e o cinto foi encontrado há mais ou menos 50 metros do local.
Segundo informações policiais, a vítima pode ter sido assassinada já na madrugada deste sábado (03), pois há indícios de que ele foi morto e arrastado até a grota onde foi encontrado o corpo.
A equipe da perícia foi solicitada e está fazendo a remoção do corpo para o GEMOL de Patos, onde será necropsiado.
Portal Catolé News