sábado, 18 de julho de 2015

Chacina de Itajá: Polícia divulga foto de suspeito de ser mentor da morte de mulheres


Francisco de Assis gerenciava o bordel financeiramente e estava insatisfeito com a condução do negócio.
 Uma equipe da Delegacia de Polícia Civil de Macaíba prendeu um homem suspeito de ser a pessoa que “arquitetou” a morte das cinco mulheres que trabalhavam em um bordel em Itajá. Francisco de Assis Júnior, conhecido como “E.T”, de 38 anos, foi detido por volta das 9h desta sexta-feira (17), no bairro de Campinas, na cidade de Macaíba, em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

Francisco de Assis gerenciava o bordel financeiramente e estava insatisfeito com a condução do negócio feita pela mulher que tomava de conta da “casa”.

“A investigação revelou que ele estava insatisfeito com a mulher que tomava de conta do prostíbulo, pois achava que ela não estava repassando os valores de forma correta”, revelou o delegado Normando Feitosa, titular da DP de Macaíba. O suspeito está preso prestando informações na Delegacia.
As mulheres mortas foram identificadas como Patrícia Regina Nunes, de 37 anos, Maria Daiane Batista, de 20 anos, a adolescente Cassia Raiane Santiago, de 17 anos, Maria da Conceição Pedrosa, de 21 anos, e Antônia Francisca Bezerra Vicente, de 32 anos.