sábado, 8 de agosto de 2015

Ex-prefeito de Umarizal preso em Apodi sente dores no peito e é hospitalizado




O ex-prefeito de Umarizal, José Rogério de Souza Fonseca, de 61 anos, deu entrada no Hospital Regional Hélio Morais Marinho, em Apodi, no início da noite desta sexta-feira (07), reclamando dores no peito.

José Rogério está preso preventivamente por determinação judicial desde o último dia 29 de julho no Centro de Detenção Provisório de Apodi acusado de desvios de recursos públicos. A informação foi confirmada pelo diretor do CDP de Apodi, Márcio Morais.

De acordo com Márcio Morais, o ex-prefeito possui problemas de hipertensão e diabetes. E esta é a segunda vez que é levado ao hospital depois que teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Umarizal. No hospital, José Rogério foi medicado e realizou um exame de eletrocardiograma. Está em observação médica. O pedido formulado pelo ex prefeito a Justiça para responder pelos desvios em liberdade foi negado nesta sexta-feira pela justiça da Comarca de Umarizal.
O ex-prefeito de Umarizal foi preso na Operação Negociata que desarticulou esquema de desvios públicos através de empréstimos na Prefeitura de Umarizal. O esquema envolve também mais oito pessoas além do atual prefeito do município, Carlindson Onofre Pereira Melo, que foi afastado do cargo pela Justiça.

Nesta sexta-feira (07), o TJRN manteve a decisão de afastamento do prefeito de Umarizal.
 


 Do Mossoró Hoje