sábado, 7 de novembro de 2015

Dois homens são mortos em troca de tiros com a polícia na zona rural de Campo Grande

Francisco Jussieu Gomes, conhecido como “Cier”
Dois homens foram mortos na desta sexta-feira (6) após uma perseguição policial no Sítio Salgado, na zona rural do município de Campo Grande, na região oeste do estado do Rio Grande do Norte. Um deles era suspeito de ter esfaqueado a própria mulher na cidade de Janduís e fugido com um comparsa trocando tiros com a polícia.

Após esfaquear sua companheira, Francisco Jussieu Gomes, de 30 anos, conhecido como “Cier” juntamente com o seu comparsa identificado como Tércio Bezerra de Souza, de 25 anos, conhecido como "Branquinho", os dois com passagem pela polícia, fugiram em um veículo tipo Ford Ka, em direção ao município de Campo Grande. Quando chegaram nas proximidades da ponte de Santa Maria, na BR 110, entre as cidades de Campo Grande e Upanema,  foram interceptados pelo Grupo Tático Operacional – GTO. Os dois elementos atiraram contra a polícia que revidou e aconteceu uma intensa troca tiros culminando com os dois suspeitos baleados.
Os dois foram socorridos para o Centro de Saúde Joaquina Nóbrega Veras, em Campo Grande, no entanto, deram entradas já sem vidas. De acordo com informações repassadas ao Icém Caraúbas, a mulher que foi esfaqueada foi também socorrida para o Hospital de Campo Grande e não corre risco de morte.fonte icém caraúbas