segunda-feira, 30 de novembro de 2015

O pau comeu...Vereador se irrita e agride popular durante sessão na Câmara de Martins!

Presidente da câmara de Martins quer proibir a entrada de cidadão na casa legislativa
Quem esteve presente na sessão ordinária desta sexta feira, 27/11, na Câmara municipal de Martins, foi surpreendido com a ação do seu presidente, Fulgêncio Teixeira Neto, aliado fiel da prefeita Olga Fernandes. Todos que estavam na Câmara de vereadores viram que o presidente deixou de dirigir os trabalhos da casa se dirigiu até a cozinha da casa legislativa e lá agrediu fisicamente o cidadão, Gessildo Firmino, mais conhecido por Sapiranga.

Entenda o caso:
Sapiranga, é um cidadão que desde o inicio dos trabalhos legislativo, praticamente assiste quase todas as reuniões na Câmara e como muitos presentes fazem vez por outra emite uma opinião a respeito da administração da municipal. Com perguntas como: Cadê a transparência? Fizeram o que com o dinheiro de tal convenio? Porque estão aterrando a Lagoa do Rosário? Quando a Creche que está com construção atrasada a muitos anos vai funcionar, pois as crianças já estarão no Ginásio!!! Resumindo um cidadão que gosta de ver as coisas funcionando como de direito.
Pois bem, sexta Feira, o cidadão Gessildo Firmino Medeiros, entrou na Câmara no horário da reunião e se dirigiu até a cozinha para tomar um Chá, o Presidente da casa o Vereador Fulgêncio Teixeira Neto, que aparentemente anda meio nervoso, deixou os trabalhos e se dirigiu até a cozinha.
Segundo Gessildo, o mesmo como de costume entrou na cozinha para tomar chá, quando foi surpreendido com um forte empurrão pelas costas, dado pelo vereador presidente, Fulgêncio Teixeira Neto, resultado, com o impacto do empurrão a garrafa caiu e quebrou, em seguida se agarraram e foi aquela alvoroço. A funcionaria correu dizendo que tinha briga na cozinha ai a turma do deixa pra lá chegou e amenizou o clima, resultado, Gessildo, ficou com a camisa rasgado e o presidente muito nervoso voltou e ocupou seu acento da presidência e usou a palavra e disse que o Sapiranga não entraria mais na casa do povo.
ISSO PODE ARNALDO?
                            Estranho Nervosismo
Demonstrando muito nervosismo nos últimos meses, parte do grupo a que dá sustentação a prefeita Olga Fernandes, está deixando transparecer para os ouvintes da FM Liberdade 104,9, que transmite ao vivo as reuniões que acontecem nas Sextas feira a 9:00 horas da manhã. O estranho é um certo descontrole do seu presidente que deveria cumprir o Regimento interno os da casa, que foi para isso que o mesmo foi eleito, sempre cobramos uma postura por parte do presidente, mais quando é de interesse do seu grupo deixa rolar a festa e pior que muitas vezes mesmo já tendo usado o seu tempo regimental, ele  ainda usa os microfones para tentar confundir os cidadãos que acompanham pelo radio e que querem ver as coisas funcionarem direito no município.
Fonte: Martins em Pauta