sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Idoso mata a mulher e depois comete suicídio na cidade de Barauna

Um homicídio seguido de suicídio foram registrados na noite desta quinta feira 24 de dezembro de 2015, noite de natal, na cidade de Baraúna distante 26 quilômetros de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. 
Um idoso de 61 anos de idade, identificado como João Batista sa Silva, natural de Ipanguaçú-RN e que trabalhava como encarregado de um projeto de melão naquela cidade, matou sua companheira,identificada como Maria Josivania da Silva, 20 anos de idade, natural de Assu e depois cometeu suicídio. 
O caso foi registrado dentro de uma casa no bairro Moinho Novo na entrada da cidade e segundo a perícia criminal, João Batista matou a companheira com um tiro de escopeta 12 abaixo do queixo e após executar sua mulher, o mesmo afastou-se cerca de cinco metros e cometeu suicídio com um tiro no ouvido. 
A mulher foi encontrada pela equipe de peritos do ITEP, sentada em uma cadeira, com a bíblia e um celular nas mãos. Já o idoso teve a cabeça esfacelada devido o forte impacto do disparo de escopeta. 
Familiares informaram à Polícia,que a mulher, que estava grávida, apesar de ter uma união estável com João Batista, não morava em definitivo com ele, mas que sempre frequentava a casa. 
Ainda de acordo com informações colhidas pela Polícia Militar, junto a familiares de João Batista, o mesmo se mostrava depressivo. 
O Delegado de Plantão Roberto Moura esteve com sua equipe no local e informou,que apesar do caso se caracterizar como homicídio seguido de suicídio, a Polícia Civil vai investigar, para determinar a motivação do fato. 
Os corpos foram removidos para a sede do ITEP em Mossoró, onde serão necropsiados e depois liberados para sepultamento.
Maria Josivânia da Silva, 20 anos foi morta pelo companheiro
Fim da Linha