quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Na Paraíba: Enfermeira é morta com 38 facadas ao dar água para homem


Uma enfermeira de 60 anos foi assassinada, com 38 facadas em diversas partes do corpo, dentro de casa, no fim da manhã desta terça-feira (8), no bairro do Cuiá, Zona Sul de João Pessoa. A vítima foi identificada como sendo Elizabeth Costa Araújo e teria sido morta ao dar água para um homem.

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, um homem chegou na residência e pediu um copo com água. Ao atender o chamado, ela teria sido atacada e golpeada no pescoço.
Ainda de acordo com a PM, a mulher morreu dentro do imóvel e nenhum pertence foi roubado do local. Levantamento da Polícia Militar aponta ainda que o alvo do suspeito seria o filho da vítima, que não estava em casa na hora do crime.
De acordo com o delegado Luiz Cotrin, da Polícia Civil, o filho da vítima, que já possuiu envolvimento com drogas, indicou um possível suspeito para o crime. 
"Foram 11 facadas na região das costas e mais de 20 na região do rosto, pescoço e peito. A vítima ainda tentou fugir para dentro do quarto, mas foi impedida pelo agressor, que terminou o crime cravando a faca no peito da enfermeira. O filho dela, que era envolvido com drogas, alegou que não possuía dívidas e indicou um possível suspeito, então estamos em diligências para tentar encontrá-lo e averiguar a situação", contou o delegado.
O corpo da vítima foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, na Capital.
Fonte: Portal Correio