quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Câmara Municipal de Alexandria cassa prefeito Nei Moacir Rossatto, do PSB

Foto: Internet
Os vereadores de Alexandria, reunidos em sessão extraordinária na manhã desta quarta-feira (6), votaram pela cassação do prefeito Nei Moacir Rossato de Medeiros (PSB), em virtude de processos apurados na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada na Casa Legislativa.
O agora ex-prefeito Nei Moacir tinha sido condenado pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte por fraude em processo licitatório ocorrido em 2002, quando teria sido comprado pela Prefeitura um veículo com recursos oriundos do Ministério da Educação.
Na CPI, as investigações apontaram irregularidades na contratação e pagamentos em prestações de serviços do Poder Executivo municipal. Segundo o relatório apresentado pela Comissão, os recursos repassados por esses serviços estavam acima da tabela do SUS (Sistema Único de Saúde).
Ainda segundo o relatório, a CPI entendeu que havia irregularidades nos repasses da Prefeitura referente ao duodécimo da Casa Legislativa.
O presidente da Câmara Municipal, Raimundo Ferreira, que também encontra-se afastado devido às investigações, apresentou um requerimento solicitando a cassação do prefeito.
O relatório foi aprovado por oito votos favoráveis à cassação do prefeito e um voto contrário.