sexta-feira, 18 de março de 2016

Operação Anarriê...Gustavo Rosado está preso no CDP de Apodi


Detalhes da Operação Anarriê foram divulgados na tarde desta quinta-feira (18) pelo MP, em entrevista concedida à imprensa na sede das Promotorias de Justiça de Mossoró.
A Justiça decretou seis mandados de prisão temporária contra investigados na Operação Anarriê, que apura o desvio de recursos de R$ 2 milhões do “Mossoró Cidade Junina”. Segundo o MP, os crimes ocorreram entre os anos de 2013 e 2014 e contou com a participação de Gustavo Rosado, irmão da ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado. Os acusados com mandados de prisão expedidos pela Justiça são: Gustavo Rosado, Tácio Sérgio Garcia de Oliveira, Maria de Fátima Oliveira Gondim Garcia, Kássia Mayara Cavalcante, Riomar Mendes Rodrigues, José Kleber Ferreira da Silva (Kleber Godoy).

O Ministério Público revelou que o investigado Jerônimo Gustavo de Góis Rosado era responsável por comandar as operações de dentro da Prefeitura de Mossoró, uma vez que ele ocupava o cargo de Secretário Municipal de Cultura, de onde determinava todos os atos decisórios no âmbito do núcleo político.

Durante as investigações, o MP verificou que a empresa vencedora dos certames, nos anos de 2013 e 2014, voltados à organização do Mossoró Cidade Junina, foi a GONDIM & GARCIA LTDA, igualmente responsável pela promoção do evento nos anos de 2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011 e 2012, bem como de diversos outros espetáculos de porte custeados pela Prefeitura Municipal de Mossoró, tais como Carnaval, Festa do Bode, Auto da Liberdade e Festejos de Santa Luzia.

Ainda de acordo com o MP, há uma antiga estrutura criminosa no âmbito da Prefeitura de Mossoró, que vem favorecendo a empresa GONDIM $ GARCIA Ltda, a fim de que esta ganhasse os contratos relacionados à promoção de shows e eventos.

Sobre a operação, o atual prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, disse estar tranquilo e revelou que está à disposição do Ministério Público para esclarecimentos. O chefe do executivo também disse que já determinou a instauração de inquérito para apurar os fatos.



Dalton Emericiano