quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Mãe da ex-namorada de Jim Carrey denuncia ator pelo suicídio de sua filha


Brigid Sweetman acusa ator de ter comprado drogas usadas no suicídio.
Cathriona White morreu em setembro de 2015 após overdose de pílulas.

Da EFE
Cathriona White, ex-namorada de Jim Carrey (Foto: Reprodução/Instagram)Cathriona White, ex-namorada de Jim Carrey
(Foto: Reprodução/Instagram)
A mãe de Cathriona White, que foi namorada de Jim Carrey, denunciou o ator nesta terça-feira (11) por negligência na morte de sua filha, que se suicidou aos 30 anos em setembro de 2015 com uma overdose de pílulas.
O portal especializado em notícias de famosos "TMZ" informou que Brigid Sweetman, mãe de White, apresentou em Los Angeles uma denúncia contra o ator canadense, que se soma ao processo movido em setembro por Mark Burton, marido de White no momento de sua morte, apesar de estarem separados.
Como resposta, o advogado de Jim Carrey, Martin D. Singer, negou as acusações por meio de um comunicado, reproduzido pela revista "People", e ressaltou que as duas denúncias são manejadas pelo mesmo advogado, Michael Avenatti.
"É compreensível que uma mãe que perdeu sua filha busque alguém a quem culpar. Mas dirigindo sua pena e ódio contra Jim Carrey e unindo-se à ridícula tentativa deste advogado (Avenatti) de capitalizar o suicídio de Cathriona, a senhora Sweetman caminha pelo mesmo caminho obscuro que Mark Burton", declarou.

A acusação alega ainda que o ator forneceu essas substâncias a White apesar de saber que era propensa à depressão e que já tinha tentado se suicidar.
Os processos sustentam que Carrey adquiriu substâncias sob um nome falso e que as deu posteriormente a White.
A denúncia apresentada pela mãe de White, além disso,afirma que Carrey contagiou White com três doenças sexualmente transmissíveis: clamídia e herpes I e II.
Segundo Sweetman, o ator ameaçou sua filha para que não dissesse nada sobre esse assunto.
Jim Carrey durante o funeral de sua ex-namorada Cathriona White, neste sábado, na Irlanda (Foto: Niall Carson/PA via AP)Jim Carrey durante o funeral de sua ex-namorada Cathriona White, neste sábado, na Irlanda (Foto: Niall Carson/PA via AP)
"Jim Carrey deveria estar envergonhado pelo que fez a minha filha", disse Sweetman em comunicado.
"E deveria estar envergonhado por como usou seus advogados de Hollywood para difamar o marido de Cat, Mark, com a esperança que ninguém lhe responsabilize pelo que fez (...). Queremos que o mundo saiba a verdade sobre quem é Jim Carrey realmente", acrescentou.
Jim Carrey, de 53 anos, e Cathriona se conheceram em 2012, namoraram por alguns meses e depois e separaram. Em maio deste ano, o casal voltou a namorar. Fontes do TMZ dizem que ela deixou uma carta de suicídio dirigida a Jim Carrey, referindo-se  à data em que o casal terminou o relacionamento, em 24 de setembro deste ano.
Cathriona também publicou seu último tweet no dia 24 de setembro: "Deslogando do Twitter, espero que eu tenha sido uma luz para os meus queridos".