quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Vídeo mostra que van invade faixa contrária em batida que matou casal

13/10/2016 10h21 - Atualizado em 13/10/2016 10h21
Vídeo mostra que van invade faixa contrária em batida que matou casal
Ocorrido nesta quarta (12) no RN, acidente envolveu moto e van de turismo.
Segundo a PRF, motorista disse que foi a moto quem provocou a colisão.
Anderson Barbosa
Do G1 RN

Um vídeo gravado a partir de um aparelho celular mostra o momento exato da batida frontal envolvendo uma motocicleta e uma van de turismo, acidente ocorrido na manhã desta quarta-feira (12) na BR-406, no município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Um casal, que estava na moto, morreu na hora. Pelas imagens, é possível ver que o motorista da van faz uma ultrapassagem irregular, em local sinalizado por faixa contínua (veja acima).
saiba mais
Casal morre após batida de moto com van de turismo na BR-406, no RN
Em contato com o G1, o inspetor Roberto Cabral, do núcleo de comunicação da PRF, disse que o vídeo será considerado pela equipe que atendeu a ocorrência. “A princípio enxergamos que houve imprudência do motorista da van em fazer uma manobra irregular. Este tipo de ultrapassagem é uma das principais causas de acidentes fatais nas rodovias do país. No entanto, a investigação é que vai determinar o culpado pela colisão”, ressaltou.
O acidente
A batida entre a motocicleta e a van aconteceu por volta das 8h45 no Km 165 da rodovia, perto da entrada para o Aeroporto Internacional Aluízio Alves. “Recebemos a informação que a moto, na qual estavam o homem e a mulher, invadiu a faixa contrária e colidiu de frente com a van, que seguia com turistas para Galinhos. Infelizmente o casal não resistiu. Já na van, ninguém se feriu”, relatou o inspetor Tibério Freitas.
Segundo a PRF, motocicleta invadiu a faixa contrária e bateu de frente com a van, que seguia com turistas para Galinhos (Foto: PRF/Divulgação)
Segundo a PRF, motocicleta invadiu a faixa contrária e bateu de frente com a van, que seguia com turistas para Galinhos (Foto: PRF/Divulgação)