quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Município de Itaú está abandonado, denuncia ex-prefeito Edson Melo


07 dezembro 201

http://cidadenewsitau.blogspot.com.br/O prefeito de Itaú, Ciro Bezerra (DEM), tão logo renovou o mandato nas eleições de 2 de outubro, se ausentou do município, dando as costas para os problemas que

afetam à população.

A denúncia é feita pelo ex-prefeito Edson Melo, o “Baiba” (PSD), que mostra-se preocupado com a situação em que Itaú se encontra. Segundo ele, os problemas são graves e afetam a vida das pessoas, sem que o chefe do Executivo municipal mostre-se preocupado. “Ele mora em Mossoró e pouco vem ao município”, afirmou.

Segundo Baiba, os servidores públicos efetivos e comissionados estão amagando até seis meses de salários atrasados. O pessoal do conselho tutelar não recebem seus salários há quatro meses, segundo o Baiba. Apenas os professores têm a situação amenizada, devido a verba “carimbada” do Fundeb. “Eles estão recebendo pelo menos 60 por cento do valor de seus salários, que vem garantido com a verba do Fundeb”, disse.

A crise nos cofres públicos também afetam o comércio local já que o prefeito não está pagando os fornecedores e serviços prestados. “A reclamação é geral”, revelou Baiba. “O prefeito não está pagando o que a Prefeitura deve”, denunciou.

DESMANTELO



Prefeito reeleito Ciro Bezerra é denunciado (foto: Blog Taboleiro Grande News)

Além dos problemas com as finanças públicas e a suspeita de que o dinheiro do povo não está sendo tratado com zelo, o prefeito Ciro Bezerra é acusado de abandonar máquinas que deveriam trabalhar na melhoria do município.

Segundo o Baiba, tem um tratos abandonado no matagal, uma caçamba esquecida em Pau dos Ferros e uma patrol no “prego” há vários meses. “Essas máquinas deveriam funcionar na construção de açudes, estradas vicinais, melhorias principalmente na zona rural, mas estão todas encostadas”, revelou.

Diante do que ele considera “descalabro administrativo”, o ex-prefeito provoca o Ministério Público Estadual (MPRN) para investigar o que está acontecendo na gestão municipal. “A população tem o direito de saber o que o prefeito está fazendo com o dinheiro do povo. O Ministério Público deve se sentir provocado”, afirmou.

Ciro Bezerra foi reeleito com 2.488 votos (55,51%), derrotando nas urnas o próprio Baiba que recebeu 1.994 votos (44,49%).


Jornal De fato