sábado, 21 de janeiro de 2017

4° MORTE VIOLENTA EM MOSSORÓ EM 2017;PEDREIRO BALEADO DURANTE INVASÃO A RESIDÊNCIA NO BAIRRO BARROCAS MORRE NO HRTM



As estatísticas da violência aumentaram na tarde deste sábado 21 de janeiro de 2017,em Mossoró a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte com registro de mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo. 
O pedreiro, Antônio Alves Marreiro de 44 anos baleado dentro de casa na madrugada do dia 16 deste mês na Rua Marechal Deodoro no bairro Barrocas, morreu na tarde deste sábado (21) no Hospital Tarcísio Maia onde estava internado. 
Antônio Alves, teve sua casa invadida por criminosos, que mataram seu filho,Anderson da Rocha Alves "Erer" de 18 e ao tentar protegê-lo dos atiradores acabou sendo baleado juntamente com outro filho Ericson Alves Marreiro de 16 anos. (RELEMBRE O CASO). 
O pedreiro e o filho menor foram socorridos pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia e depois de cinco dias internado, Antônio Alves não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no início da tarde de hoje naquela Unidade Hospitalar. 
O corpo do pedreiro está no necrotério do hospital e aguarda  remoção para a sede do ITEP onde será necropsiado e depois liberado para que a familia providencie o sepultamento. 
Este foi o 14º (décimo quarto) homicídio registrado em Mossoró neste ano de 2017. O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Imagem O Câmera
Texto Fim da Linha