sábado, 20 de maio de 2017

Áudio de conversa entre Temer e dono da JBS foi editado, diz jornal


Perito contratado identificou cortes em gravação. Presidente quer exame de áudio
Do R7

Joesley Batista gravou Michel TemerBBC Brasil
Pericia contratada pelo jornal Folha de S.Paulo indicou que há cortes no áudio da conversa entre o presidente Michel Temer e Joesley Batista, um dos donos da JBS.
De acordo com o perito Ricardo Caires dos Santos, do TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) não é possível saber o propósito da edição, mas a suposta edição faz com que a gravação contém “vícios” jurídicos, podendo invalidar a prova.
De acordo com o perito, quando Joesley refere-se ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), há cortes em duas respostas de Temer.
A gravação, segundo a reportagem, não teve o acompanhamento da Polícia Federal, que só entrou no caso posteriormente.
Nesta sexta-feira, o presidente anunciou que pediria uma perícia na gravação.